Tudo o que se precisa saber sobre o vinho do Porto

O vinho do Porto é apreciado no mundo todo. Marco Antonio Carbonari nos conta que ele é produzido especificamente na Região Demarcada do Douro, no norte de Portugal, ou seja, se é vinho do Porto, tem que ser feito em Portugal e somente naquela região.

Tecnicamente falando, o Vinho do Porto não é um vinho naturalmente doce, mas sim um vinho fortificado. Isso significa que não é um vinho doce natural, mas sim feito de uvas colhidas em poucas semanas do estágio ideal de maturação. O vinho fortificado é um licor, geralmente obtido a partir de uvas colhidas na fase normal de maturação e, normalmente, a aguardente é adicionada posteriormente devido à destilação das uvas, o que interrompe a atividade de fermentação anterior de todos os açúcares e é convertido em álcool.

É possível classificar o Vinho do Porto em diversos estilos. Marco Antonio Carbonari explica que eles são avaliados de acordo com o seu armazenamento, seleção ou a forma como são envelhecidos, seja por meio de garrafas ou em barris de madeira. Confira alguns tipos:

Porto Ruby: esse estilo de vinho procura manter a cor avermelhada como principal característica. Seu potencial de guarda, inicialmente na barrica e depois na garrafa, permite com que os sabores da bebida fiquem muito mais acentuados com o passar dos anos.

Porto Tawny: a elaboração de produção é muito parecida com a do anterior, no entanto, Marco Antonio Carbonari comenta que o Tawny é exposto ao oxigênio por mais tempo, podendo ficar na madeira por cerca de 3 a 8 anos, o que permite que o vinho se torne mais claro. Suas características são, no fim, aromas mais evoluídos, como café, amêndoa e chocolate.

Porto Branco: apesar da marca registrada ser o tinto, a produção de vinho branco na região de Douro considerou cultivar, recentemente, variedades como Códega, Gouveio e Arinto. O envelhecimento deste tipo não ultrapassa os 18 meses, principalmente se forem mantidos em tanques de aço inoxidável. Se está em contato com a barrica, o vinho adquire uma coloração mais dourada e pode ser doce ou seco.

Porto Vintage: normalmente são produzidos em safras muito especiais e não todos os anos. É um vinho de uma só colheita, selecionado entre os melhores caldos extraídos das melhores parcelas dos vinhedos das casas produtoras de Porto. O grande diferencial, diz Marco Antonio Carbonari, é que o potencial de guarda deste vinho pode ultrapassar 50 anos de envelhecimento na garrafa.

Últimas Notícias

Maioria do STF vota para manter decisão que considerou Moro parcial

Supremo também definiu que cabe à Justiça Federal do DF julgar os processos contra Lula

BC aprova obrigatoriedade dos bancos ofertarem Pix por agendamento

Instituições também ganharam mais prazo para o Pix Cobrança

Pandemia impulsiona transformações no modelo de negócios do varejo

Pesquisa global da PwC revela uma clara aceitação da sustentabilidade

Brasil formaliza redução das emissões de carbono até 2030

País se comprometeu a eliminar o desmatamento no mesmo período

Relacionados